09 junho 2013

O mapa do ódio americano

Para saber em que parte dos EUA vivem as pessoas menos tolerante, basta consultar o "mapa do ódio", criado por estudantes e professores da Universidade Estatal de Humboldt, Califórnia, a partir de análises de "tuits".

Os pesquisadores rastrearam mensagens difundidas entre junho de 2.012 e abril de 2.013, através do Twitter, buscando determinadas palavras próprias de pessoas intolerantes. Estas palavras foram divididas em três grupos, racismo, homofobia e pessoas com deficiências.

Finalmente conseguiram elaborar uma lista com cerca de 150.000 "tuits", geocodificados que contém diferentes tipos de ofensa e criaram um espaço interativo que ordena os dados em duas categorias de forma geral e individual. Segundo o mapa, os tuitters menos tolerantes localizam-se na metade oriental dos EUA, e as pessoas em regiões costeiras preferem a outros assuntos.
Fonte: RT-TV