06 junho 2011

Chaveiros com Animais Vivos

Cruel e Bizarro - Chaveiros vivos estão sendo vendidos!!!

O seu chaveiro está vivo? Espero que a resposta seja, NÃO!
Adivinhem em que lugar estão vendendo chaveiros vivos? Acho que pelos bizarros costumes e manias a resposta não deve ser difícil, leia abaixo e veja se você acertou na resposta:

Grupos de proteção aos animais estão se mobilizando para impedir que vendedores ambulantes CHINESES vendam animais vivos em pequenos sacos lacrados para serem usados como chaveiro. Os animais escolhidos, uma pequena tartaruga aqui do Brasil ou dois peixes King, vivem em um pequeno saco com água "rica em nutrientes", que, segundo os vendedores, os mantém vivos por vários meses. Depois de alguns meses, no entanto, você só estará carregando um chaveiro com uma carcaça de animal morto.

Não me surpreenderia se eles, depois da morte dos animais, colocassem no microondas e comessem.
Maria Peng, a co-fundadora do Centro Internacional de Serviços de Veterinária, diz que os animais ficam sem oxigênio e, portanto, provavelmente morrem antes de que os nutrientes contidos na água acabem.

Cruel e Bizarro - Chaveiros vivos estão sendo vendidos!!!

Na China não tem nenhuma lei que proíba a venda dessas pequenas quinquilharias nas estações de metrô e trem. "Existe apenas um animal selvagem sob a Lei de Proteção", explicou Qin. "Se os animais não são animais selvagens, então estão fora do âmbito da lei.". Segundo Qin Xiaona, diretor da ONG Capital Animal Welfare Association, colocar um ser vivo dentro de um espaço fechado e limitado para obter lucro com isso é imoral e um claro caso de maus tratos a animais.

Para alguns Chineses, os chaveiros são comprados porque eles pensam que traz boa sorte. Outros compram para libertá-los.
"Eu comprei um para libertá-la. Parecia tão miserável.", disse uma mulher ao jornal Global Times ".
"Vou pendurar no meu escritório, parece agradável e traz boa sorte", disse um homem de 30 anos, depois de comprar um chaveiro de tartaruga.
A única maneira de ajudar os animais é não comprar os chaveiros, diz Qin. Ao fazer isso, o mercado acabará por morrer e os animais deixarão de ser vendidos em um túmulo selado.

2 comentários:

Postar um comentário